domingo, 16 de novembro de 2008

Chega de TV aberta de péssima qualidade


Atualmente o Brasil passa por um grande problema de audiência na TV, com programas cada vez mais apelativos e sem sentido, a nossa tão querida Televisão vai perdendo seus telespectadores para outros meios de comunicação como a internet.

A migração de público para internet é evidente: em 2007 foram vendidos no País 10,5 milhões de computadores, ante 10 milhões de aparelhos de TV. Em menos de 10 anos, pulamos de 1 milhão para 42 milhões de internautas e 10 milhões desses são navegantes de banda larga.

Os reflexos da fuga dos adeptos da TV são demonstrados na audiência, nas novelas do horário nobre, da Globo, os picos de audiência não ultrapassam mais do que 30 pontos de ibope, isso para um horário que há 4 anos gerava em torno de 50 pontos para a empresa do Grupo Marinho.

No SBT, não é diferente, a mudança rotineira da programação é um efeito que mexe com a cabeça do Homem do baú, programas mudam de horário a todo instante para uma melhora na audiência, mas nada dianta.

Na bandeirantes, a decisão da rede foi colocar todas as suas novelas na geladeira por tempo indeterminado, motivo: falta de audiência para a comercialização.

Com um número cada vez maior de assinantes, as TVs pagas parecem ser também um bom negócio para aquele que está saturado de olhar, Luciana Gimenez falando merda, reprise de Pantanal, programas para dona de casa, fofocas de Nelson Rubens, ou a centenária malhação.

Trazida por Assis Chateaubriand em 1950, a telinha parece estar com seus dias contados. Com uma péssima programação cultural, e com um entretenimento completamente apelativo, e sem qualidade, a TV perde seu tão grandioso espaço, e pelo que se percebe nada está sendo feito para mudar o cursor desta história.

Talvez a TV digital seja a nossa única salvação, então que venha logo a TV digital para o meu Estado, pois meus olhos não brilham mais ao ligar minha TV, não me deito mais no meu confortável sofá, e nem pego mais o meu tão precioso controle remoto que dava-me à liberdade de ver o mundo na telinha de minha televisão.

17 opiniões:

Rodolpho Lupus disse...

Por isso que migrei faz tempo para a fechada... e é fato, enquanto existir novela, a tv aberta não vai pra frente, mas contudo, se novela acabar, as Donas de Casa do meu Brasil vão ficar órfãs... que questão...

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

Já tem programas que possibilita assistir diversos canais do mundo todo através do monitor de seu computador. A TV já se tornou obsoleta...
A única programação que eu assisto é o CQC, quando chego mais cedo da facul e os telejornais noturnos como jornal da Globo e jornal da Band.

http://hdebarbamalfeita.blogspot.com/

Wander Veroni disse...

Oi, Frank!

A TV Aberta está triste mesmo...uma ou outra coisa que salva, viu...mas a coisa tá feia! Na TV mesmo só assisto telejornais locais e salvo as exceções, fixco zapeando nos nacionais. O Jornal do SBT, com o Carlos Nascimento, está me surpreendendo pela qualidade das matérias, sem brincadeira.

Aqui em Minas, a Record passa Pica-Pau várias vezes por dia. Há noite chega a passar o desenho de 18h às 20h! Fico de cara com isso...um desenho que é bom sendo desgastado pela emissora que só o deixa no ar pq tem audiência. Isso é gula!

Abraço,

=]

-------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Airton disse...

bom o blog em....

criei um agora...se pude da uma força...

http://publicandobr.blogspot.com/

publicidade , cinema e cronicas...

vlw

CIA disse...

Por issu amo INTERNET, e demais tecnologia, televisão é apenas um objeto q influencia no seu dia-a-dia, internet, vejo o q queru ^^

Flw!

marceloclash disse...

Na tv aberta os únicos programas que ainda acompanho são o do Jô e o futebol da tv Globo. Vejo mais tv a acabo. A qualidade da TV Brasileira vem caindo muito.

Um abraço, parabéns pelo blog.

Mara... disse...

tenho que concordar com vc Frank!
1º que nem tenho tempo de assitir, quando chego do trabalho venho aqui na net e no FDS [pelo amor de Deus]
naum sei o q é pior: o Raul Gil ou o Faustão... espero o fantástico, que nem tá tao assim pra ter esse nome!
Enfim... sem opção!

• Mari Andrade • disse...

gostei do post.!

=D

Maureen Cerveira disse...

Por essas e outras questões que eu dificilmente assisto TV. Eu queria assinar um pacote de qualquer tv a cabo pra ter uma programação mais variada e interessante, mas as mensalidades barram qualquer vontade minha. Por isso, invisto em internet. Baixo tudo! Dá mais trabalho, é fato, mas creio que seja mais vantajoso... Abraços. [Sem mais no momento]

Camila Locatelli disse...

Uma vez eu fiz um trabalho de escola que falava deste assunto. É bastante polêmico.

Gostei demais

Beijos

http://falandosobrealgo.blogspot.com/

Jordânia disse...

Frank! :D
Bela postagem.
Realmente a programação está praticamente voltada para programinhas fúteis.
E o 783787376 BBB vem aí!
¬¬


Te coloquei como parceiro também.
Beijos,
Jôh. :*

mary disse...

realmente cada vez mais eu vou procurar algo decente na tv por assinatura!!

Thiago Damião disse...

Uma coisa é clara, se colocam cultura na tv o povo fica informado e passa a não aceitar calado tudo que vê no dia-a-dia, é a tal política do pão e circo, até hoje em dia existe, é uma pena

JoJo Lobato disse...

Eu nao tenho nada contra as novelas, ate porque as novelas sao uma caracteristica da cultura brasileira. E quem disse que novela eh cultura inutil? Tem toda uma historia, producao e muito mais por tras..
So coloquei tv a cabo aqui porque realmente na TV aberta temos poucas opcoes de conteudo, mas nem tudo que passa nela eh ruim de se ver. Acho que como sao poucos canais competindo entre si, acaba ficando tudo muito igual e nao se tem opcao..
Como diria a MTV,se nao tem o que assistir.. desliga a tv e vai ler um livro, ou uma revista, ou ate.. bula de remedio ;D

Luana disse...

Não acho que a TV vá acabar... é igual quando apareceu a TV e falaram que o rádio ia acabar, ele só teve que mudar algumas coisas pra se adaptar.
Se a internet tá sendo mais 'querida' que a TV, ela tem que se ajustar a internet, e por ai vai.
É o que eu acho.

Paulo disse...

E quem disse que a TV digital vai mudar a grade de programação das emissoras?

Não consigo acreditar que ainda existe gente que vê esses programas emburrecedores, como show da fé, programas religiosos em geral, futebol, Gugu, Faustão, novelas, programas de fofoca, sobre coisas pessoais(!!).
É muito lixo!

Onde estão os programas culturais??! Nem a TV Cultura passa um programa que exercite a cabeça do telespectador. Existem tantos assuntos científicos, artísticos, enriquecedores que poderiam passar.

O único programa desse tipo que estou lembrado é um que passa às 20h na Record News, mas a imagem é muito feia aqui em casa.

Luiston Santos disse...

É muito bom que se discuta a TV, somente com o debate é possível modificar algo e a TV é um grade meio e há muito vem sendo subutilizada, isso se algum dia foi bem utilizada, com exibição ininterrupta de programas que são, como costumo dizer, drogas inibidoras de raciocínio. Isto sem dizer que é mandamento constitucional(princípio constitucional da telecomunicação)a adoção de programação educativa, regionalizada, e etc...

Esse deve ser o teor do debate, não que seja crítica ao fato de se discutir por exemplo qual programa e melhor ou pior - como já disse é muito bom ver pessos discutindo sobre TV sjá qual for o conteúdo da discussão, devemos nos perguntar se é possível a adoção por parte das tv's_alienadoras de uma programação do viés das TV's públicas? Qual o nosso papel nesta luta?

Conheção o BOB MECUM, participem de nossos debates:
http://www.luistonsantos.blogspot.com