segunda-feira, 17 de novembro de 2008

De Rosa Parks a Barack Obama


Barack Obama tinha tudo para dar errado na sua candidatura à presidência dos Estados Unidos da America, por ser negro, muçulmano, ter um segundo nome que lembra Sadam, e um sobrenome que lembra o terror norte americano, Ozama.

Obama inicialmente foi chamado de patinho feio pelos seus partidários democratas, que achavam que Hilary seria o melhor caminho dos Estados Unidos. Estavam errados, Obama chegou de mansinho e conquistou todos, inclusive republicanos e indecisos, Obama com todo o seu carisma, fez com que milhões de negros e latinos desacreditados com o atual “desgoverno” de George W. Bush, fossem as urnas, desmistificou a idéia de que um negro nunca estaria na casa Branca, idéia sempre demonstrada desde a abolição da escravatura até o aparecimento de uma senhora negra chamada Rosa Parks, uma costureira de Montgomery, Alabama, que em 1955, teve a saudosa idéia de não dar lugar a um branco em um ônibus, “Vou ter que mandar prendê-la”, respondeu o motorista do ônibus. “Então faça isso”, disse a costureira.

Na noite em que Parks foi presa, os movimentos de direito civil começaram a articular um boicote ao sistema de ônibus de Montgomery. O episódio teve tanta repercussão que, no ano seguinte, a corte do Alabama declarou inconstitucional a segregação racial nos meios de transporte.

O boicote de Montgomery foi organizado na igreja de um pastor batista chamado Martin Luther King, que chegou a ser preso durante o episódio. Ele admirava a idéia da resistência pacifista de Gandhi e os pensamentos de Henry David Thoreau, que defendia o direito a desobedecer a leis injustas e más.

Do episódio do ônibus no Alabama até esta recente eleição, se passaram algumas décadas, hoje ainda sofremos com o ódio racial em algumas regiões dos Estados Unidos, principalmente em estados sulistas, mas uma certeza temos, Obama trás consigo um brilho daqueles que nunca tiveram voz na casa branca, daqueles que foram enganados em 2000 em uma das eleições mais fajutas da história dos Estados Unidos, que elegeu o então presidente Bush, Obama trás a esperança de um novo país, interrompido pelo assassinato de Jonh F. Kennedy.

A cor da pele de Obama é extremamente importante, pois mostra ao americano, pobre, negro, sem perspectiva de vida que a mudança ainda pode acontecer e que Obama pode ser a luz, uma luz para um novo mundo, um mundo justo e igual, independente da cor da pele de cada um.

8 opiniões:

Ana Gabi disse...

Muito boa sua reflexão!

Tb fiz um texto falando sobre o obama há alguns dias...

Gostei do blog!

;

Confissoes de uma Adolescente ;D disse...

o pior...
eh que vao acabar matando o cara...

Rosangela A. Santos disse...

Acredito que independente de cor, classe social que ele realmente consiga fazer um bom trabalho, pois se espera muito dele e acho que vai haver muita pressão..

Concordo com vc.. e parabéns pelo post .. ficou ótimo ..

Abç.

Carlos disse...

muito boa a comparação... mas bixo o cara não é presidente do mundo, não podemos cair no erro de achar que ele vai conseguir mudar o mundo, não pelo menos sozinho! mas acho que a eleição do Obama ja é um começo,pois o maluco fez uma coisa que tava meio perdida nos E.U.A, que é fazer muitas pessoas sairem de suas casas, com a convicção de querer mudar uma situação que ja está insuportavel. vamos ver como será o mandato dele. agorauma coisa é certa, a vitoria do Obama foi um pau no c* dos conservadores, racistas, homofobicos, xenofobos e filha da pu**!

Jim disse...

Concordo com seu post. Mas estão achando por aí que o Obama é o messias, que vai dar green card pra todo mundo e etc. Com certeza, ele tem uma postura muito mais humanista que o Bush e que o Mc Cain, mas devemos lembrar que a época de crise, que os democratas são famosos pelo protecionismo, e que nunca foi tão verdadeira a frase popular que diz: "Farinha pouca, meu pirão primeiro"



quando puder, passe no meu blog

abraços

Joanna Carla disse...

Adorei a sua abordagem sobre Obama e o preconceito! Espero que o mundo reflita a partir de agora que independe da cor a razão do seu sucesso!

Bjs! Parabéns!

Marcio Santos disse...

gostei do texto

obama e moda agora!


http://paginadacomedia.blogspot.com

Baah' disse...

Muito boa essa comparação .