sábado, 29 de novembro de 2008

Aqui se faz, aqui se paga

Há um tempo, no auge do furacão Katrina nos EUA, comentei com alguns amigos que toda ação tem como contrapartida uma reação, e tomei, por exemplo, o protocolo de kioto, que se constitui no protocolo de um tratado internacional com compromissos mais rígidos para a redução da emissão dos gases que provocam o efeito estufa. Não levando a sério o tratado, os EUA foi um dos únicos países que não asssinou o protocolo, isso no governo do até então presidente George W Bush.

Bush afirmou que não poderia assinar o protocolo, pois, com a diminuição da produção de gases pelas indústrias Norte Americanas, a economia iria sofrer grandes quedas, então, logo, o tratado não era viavél economicamente para os EUA.

Alguns anos depois do “NÃO” de Bush, ocorreu um dos piores furacões da história dos Estados Unidos, o furacão acabou com Nova Orleans, cerca de 400 mil pessoas perderam suas casas, centenas de pessoas morreram, e calculou-se um prejuízo de mais de U$$ 12 bilhões de dolares para o governo Norte-Americano.

Atualmente no Brasil, passamos por algo semelhante em Santa Catarina, "ou seria Santa Katrina", as enchentes que estão arrasando o estado não eram ímprevisiveis, a organização SOS Mata Atlântica que fez um estudo sobre as florestas mais ameaçadas do país de 2000 a 2005, mostrou o estado de Santa Catarina como campeão de desmatamento no período, suprimindo 45.530 hectares de Mata Atlântica.

Assim como em Nova Orleans, Santa Catarina teve ações da mão de Deus e da mão do homem. O homem, com sua “ação”, que em momento algum pensou na natureza, no quanto ela poderia se rebelar. Devastou, deflagrou, dizimou e não se deu conta que a mão de Deus é maior que a nossa e que sua “reação” a "ação" do homem, nos mostra que aqui se faz, aqui se paga.

15 opiniões:

Marcos V. disse...

Realmente essas tragédias naturais são muito tristes. Não só por várias pessoas que têm suas vidas afetadas, como no caso de Santa Catarina (onde muitos perderam a moradia)como també pelos prejuízos econômicos que isso acarreta. Mas discordo que essas tragédias são espécie de "castigo divino" ou "castigo da natureza"

Leo Pinheiro disse...

A natureza está respondendo. Ou os homens acham que ela apenas diria amém aos seus despautérios?

Isso se chama dharma é parecido com o charma, só que não dá para pagar na próxima...

kilder disse...

a situação tá bem feia, creio que há uma razão nisso tudo, o fim está mais proximo que imaginamos!!!

bom fds!

JoJo Lobato disse...

Temos que fazer algo pelo nosso planeta e comeca do pouco...
Sejamos consciente nos nosso atos, desde jogar o papel do lanche no lixo ate plantar uma arvore rsrs


agracedo muito o meu amor pela cantora Wanessa Camargo, que eh a embaixadora da SOS Mata Atlantica, ONG que tu citaste.
Ela que fez eu comecar a plantar arvores, inclusive algumas em SC...
www.clickarvore.com.br

vai la tbm ;D

Admirável Mundo Médico disse...

Enquanto muitas autoridades agem somente pensando no avanço da economia, sem se preocupar com danos à natureza, não se dão conta que um desastre natural como esses dos Estados Unidos e Santa Catarina, causam enormes perdas tanto para a população, quanto para a tão "prioritária" economia. O estado de Santa Catarina ao que todos podem ver, está tendo prejuizos fisicos, economicos e populacionais dia apos dia.

http://artedamedicina.blogspot.com/

marceloclash disse...

Muitas dessas vitimas não são culpadas por qualquer agressão a natureza, mas o meio ambiente não escolhe como agir ou se defender. Tudo isso é culpa da humidade que não trata bem o meio onde vive. Ótimo texto.

http://papodomarcelo.blogspot.com/

┼ Ģℓэн єяเkล! ┼ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
┼ Ģℓэн єяเkล! ┼ disse...

Ótima comparação que vc fez com o Katrina e a destruição de SC.
Também acredito que tudo isso que aconteceu, é obra das mãos de Deus!

PEDRO IGOR RIBEIRO disse...

"Desmatam tudo e reclamam do tempo, que ironia..." muito bem dito na musica Absurdo de Vanessa da Mata. É triste o que aconteceu, mas não é por acaso e nem o destino de ninguém. Nós plantamos desmatando e em algum momento vamos colher isso e só a natureza pra saber quando. Abs!

Letícia De Martini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mr. e Mrs. Ironia disse...

Ação e reação, meu caro...

E não se trata de Deus ou algo parecido... é a resposta, como já bem comentado mais acima, da própria natureza...

Adriano Ribeiro disse...

quando essas tragedias acontecem todos lamentam-se e pedem socorro ao céu.Mas antes ninguem coloca a mão na conciencia.

Mara... disse...

Realmente... e é lastimável!

Nério Júnior disse...

Com certeza! Tem muita gente preocupada com tanta coisa e não se preocupa em preservar o meio-ambiente. A realidade é essa! Sabe q que eu acho disso ?!?!?! P-O-U-C-O

Miriã Soares disse...

a humanidade esta colhendo o que plantou apos séculos de devastação da natureza...

http://mdiversidades.blogspot.com/