quinta-feira, 16 de abril de 2009

Se não for Roseana é Nelma

Com toda a estória que envolve a cassação do atual governador do nosso estado Jackson Lago, uma figura antes desconhecida no âmbito –mais povão- tem se destacado na mídia.

Nelma Sarney, atualmente presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), tem demonstrado que o lado negro da força ainda cospe fogo no Maranhão.

Com medo de um possível atentado a queridinha Roseana Sarney em sua possível posse, Jesus toma conta a desembargadora mais uma vez querendo espaço na mídia enviou um ofício ao comandante geral da Polícia Militar, coronel Melo, solicitando reforço policial para a diplomação da que, segundo fontes oficiosas, foi a segunda colocada no pleito eleitoral –para governo- de 2006.

Nelma é cunhada de José Sarney e jura de pé junto que nunca foi usada pelo cunhado para fraudes em eleições, ao contrario do que afirma o governador cassado Jackson Lago.

Admiração de Nelma por Sarney

Eu tenho o maior respeito por ele. Ele é meu cunhado, além de meu compadre. É padrinho da minha filha mais velha. Então eu tenho o maior respeito pelo senador José Sarney. Eu o admiro como escritor, como profissional, como político. Considero ele um dos maiores políticos do Estado do Maranhão e do Brasil. Hoje ele é o decano do Congresso Nacional. Eu admiro o trabalho dele e tenho o maior carinho e o maior respeito por ele, como cidadã brasileira

Nelma Sarney


2 opiniões:

[M]. Cartágenes disse...

Como tu bem sabes meu caro amigo, eu sou a favor da cassação, mas sou totalmente contra o fato da dita cuja assumir o governo do nosso estado! Não faz sentido nem razão dela estar lá, só porque era a segunda colocada na concorrência ao governo? Ou porque tem que cumprir o que manda a constituição e blablabla... Pra mim faz-se cumprir o que está escrito no Imparcial de hoje, 17 de abril de 2009, "Renúncia pedida ao pai, diploma recebido da tia.".

Muito simples!

Eu sou a favor de uma nova votação direta, uma iniciativa do próprio povo em dizer NÃO! Não me iludo em acreditar que o governo do pedetista tenha sido de transição, acrdeito que ele tenha sido o mal necessário do momento, mas, não algo que tenha vindo para repercurtir a voz do povo ou a vontade do povo de tentar mudar a realidade em que ele está inserido.

Não aplaudo nada nem ninguém, se alguém tem de fazer algo isso seria apenas a obrigação do mesmo.

E de atemão, me chame pra qualquer manifestação, tanto pública como virtual, terei o prazer de participar. Estamos vivendo um fato histórico nesta "Ilha do Caos", neste poço de notícias e escandalos! Isso ainda vai dar muito o que falar e eu sei que tanto eu como tu queremos nos sentir úteis e fazer nosso papel enquanto povo, enquanto cidadãos!

Paz mano, te cuida parceiro!

Liliam Freitas disse...

A PM serve para isso